Cursos de Pós-Graduação

O Curso

Os danos causados na agricultura brasileira por doenças, pragas e plantas daninhas  é na ordem de 30%. Esses graves problemas fitossanitários podem ser mitigados com controles adequados para proteger a produção das plantas de forma sustentável. Assim o presente curso objetiva especializar os Pós-graduandos na área de Fitotecnia, ampliando a qualificação profissional para o enfrentamento dos desafios na relação preservação ambiental e aumento da produção de alimentos, sem agressão ambiental.  

A partir da década de 1990, houve um aumento da preocupação com os problemas ambientais gerados pela intensiva exploração dos recursos naturais para a produção de alimentos, combustíveis e matérias-primas para o mercado industrial, sendo muito discutida a questão da responsabilidade socioambiental, visando a exploração do meio, com o menor prejuízo possível para as gerações futuras.

Deste modo, o curso de Pós-graduação em Proteção de Plantas é oportuno, por possibilitar ao pós-graduando informações relevantes e atuais e que normalmente não são discutidas fora do ambiente técnico/científico.

Ressalta-se que a capacitação, por meio deste curso de Pós-graduação, torna o profissional melhor preparado para fazer recomendações e uso dos diferentes produtos disponíveis no mercado, reduzindo a contaminação do ambiente assim como os custos de produção.

Público Alvo

Dirigido aos Engenheiros Agrônomos que atuem tanto no ramo da pesquisa, ensino ou comercial, que sejam portadores de diplomas fornecidos por entidades oficiais, reconhecidos pelo Conselho Nacional de Educação.

Módulo I - Atualizações Agronômicas Avançadas
Biotecnologia Aplicada a Proteção de Plantas
Fatores Climáticos na Incidência de Plantas Daninhas, Pragas e Doenças
Fisiologia da Produção e Nutrição de Plantas
Impacto Ambiental e Toxicologia de Defensivos Agrícolas
Integração Vivencial e Ética Profissional
Legislação, Normas Fitossanitárias e Receituário Agronômico
Nutrição Mineral de Plantas e a Proteção de Plantas
Pesquisa Avançada na Agricultura - Técnicas de Campo
Tecnologia de Aplicação de Produtos Fitossanitários Agrícolas
Módulo II - Plantas Daninhas
Biologia de Plantas Daninhas
Classificação e Modo de Ação dos Herbicidas
Formulações, Misturas, Interações e Seletividade dos Herbicidas
Manejo de Plantas Daninhas em Grandes Culturas
Resistência de Plantas Daninhas a Herbicidas
Módulo III - Entomologia
Biologia, Fisiologia e Comportamento de Insetos
Controle Químico - Modo de Ação e Resistência de Insetos
Manejo Integrado e Controle Biológico de Pragas
Resistência de Plantas a Insetos
Módulo IV - Fitopatologia
Clínica de Plantas
Controle Químico e Manejo de Doenças em Plantas
Epidemiologia de Doenças em Plantas
Métodos Alternativos de Controle de Doenças em Plantas
Resistência de Fungos a Fungicidas
Módulo V - Ensino e Pesquisa
Estudos Contemporâneos em Proteção de Plantas
Metodologia no Ensino Superior
Projeto de Pesquisa em Proteção de Plantas
Seminário de Conclusão de Curso
Trabalho de Conclusão de Curso

Rafael Zampar Doutor

Doutor em Ecologia (Ciências Ambientais) pela Universidade Estadual de Maringá. Graduado em Ciências Biológicas, Professor do curso de Ciências Biológicas e Supervisor de Extensão da Faculdade Integrado de Campo Mourão. Na área de pesquisa atua em Ecologia Vegetal, com ênfase em Conservação e Manejo de Biodiversidade e Unidades de Conservação. Na área administrativa atua como Supervisor de Extensão, Presidente da Comissão Própria de Avaliação Institucional (CPA), membro da Comissão de Responsabilidade Socioambiental, membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE), organizador e coordenador de eventos acadêmico-científicos.

Aparecida da Penha dos Santos Doutoranda

Doutoranda pela UP. Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pós-graduada em Comércio Exterior e Mercosul. Graduada em Ciências Contábeis e Administração com Habilitação em Comércio Exterior. Coordenou o curso de Administração (Faculdade Integrado de Campo Mourão). Coordenou o Curso de Relações Internacionais, na mesma Faculdade. Atualmente é Coordenadora Geral dos cursos de Pós-graduação da Faculdade Integrado de Campo Mourão. Atua como docente e consultora na área internacional. Ministra aulas em nível de Graduação, Pós-graduação e Mestrado tanto em nível nacional quanto internacional. Fluente na língua inglesa e espanhola. Possui experiência na área de Recursos Humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, assistência, avaliação e demissão. Experiência na área de comercialização do agronegócio em nível internacional, exportação, importação e operações financeiras internacionais. Possui experiência e facilidade em estratégias para alavancagem de cursos de graduação e pós-graduação tendo como core estratégico, qualidade e credibilidade. Facilidade em análise de processos e desempenho organizacional. A área de interesse para pesquisa concentra-se em inovação organizacional, estratégias, liderança e áreas internacionais.

Nádia Cristina de Oliveira Doutora

Possui graduação em Agronomia pela Universidade do Sul de Santa Catarina (1999), Mestrado em Agronomia (Proteção de Plantas) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - FCA/ UNESP (2003) e Doutorado em Agronomia (Proteção de Plantas) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - FCA/ UNESP(2006). É docente do curso de Agronomia da Faculdade Integrado de Campo Mourão desde 2007 onde desde 2012 coordena o Curso de Pós Graduação em Proteção de Plantas (Especialização - Lato sensu). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Proteção de Plantas (Entomologia), atuando principalmente nos seguintes temas: Bioecologia de insetos, Manejo Integrado de Pragas (MIP), Pragas Agrícolas e Florestais, Pragas do Milho, Pragas de Pinus.

Carlos Alberto Scapin Doutor

Mestrado (1993) e doutorado (1996) em Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa. Possui graduação em Agronomia (1991) pela Universidade Federal de Viçosa. Atualmente é professor associado C. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Vegetal na cultura do Milho. Gosta de adaptar e empregar novas metodologias de Genética Quantitativa e Biometria a serviço do melhoramento vegetal. Possui 2 variedades de milho registradas no MAPA. Orientou 27 mestres e 20 doutores. Editor Associado das revistas Acta Scientiarum-Agronomy e Bragantia.

Cléber Daniel de Goes Maciel Doutor

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (1998), mestrado em Agronomia (Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001) e doutorado em Agronomia (Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004). Atualmente é adjunto nível A da Universidade Estadual do Centro-Oeste. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Matologia, atuando principalmente nos seguintes temas: herbicidas, plantas daninhas, seletividade, tecnologia de aplicação e controle químico.

Gilberto Guarido Consultor

Engenheiro Agrônomo, Agronomy and Crop Science formado na Universidade Estadual de Maringá (1984), atuou por 30 anos na COAMO e atualmente trabalha na GGuarido-Consultoria Agronômica. Especialista em Toxicologia pela PUC-RS e possui MBA-Executivo pela UEM-Maringá. Ex-Coordenador da Câmara de Agronomia do Crea-Pr e atuação em revisão da Legislação de Agrotóxicos estadual e federal. Desenvolvimento de Programa de Interpretação de Análise de Solos e treinamentos do departamento técnico da COAMO. Diretor da Feap-Pr, e com atuação em política profissional na AEACM.

Marcelo Giovanetti Canteri Doutor

Doutor (1998) e Mestre (1994) em Fitopatologia pela Universidade de São Paulo (ESALQ/USP). Possui graduação em Agronomia (1989) e Bacharelado em Informática (1989) pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Realizou parte de sua tese de doutorado na Leibniz Universität Hannover, Alemanha (1995) e na University of Florida, Estados Unidos (1997). Pesquisador Bolsista Produtividade do CNPq, Professor Associado do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Visiting Professor na The Ohio State University (OSU) em 2013. Professor no Mestrado em Computação Aplicada da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Presidente da Associação Brasileira de Agroinformática (SBIAgro). Presidente da Comissão Organizadora do Congresso Brasileiro de Fitopatologia, edição 2014. Membro do Conselho da FAPEAGRO. Executou e coordena projetos nos quais foram captados mais de R$ 1.000.000,00 em recursos de agências de fomento (FINEP, CNPq, Fundação Araucária, CAPES) para as Instituições em que atua. Desenvolve pesquisas na área de Fitopatologia/Epidemiologia, principalmente nos temas: Manejo e controle de doenças, agroinformática, Phakopsora pachyrhizi e Puccinia kuehnii.

Marcelo Gonçalves Balan Doutor

Doutor em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina em 2009. Atualmente é professor da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Tecnologia de Aplicação, atuando principalmente nos seguintes temas: pontas de pulverização, tecnologia de aplicação, deposição de gotas, controle químico e eficiência de aplicação

Rubem Silvério de Oliveira Junior Doutor

Doutor em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela UFV (1998), após estágio de bolsa-sandwich na University of Minnesota. Mestre em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela UFV (1992). Graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1990). No período de 2010-2011 também foi Professor Visitante na University of Minnesota-USDA/ARS. Foi vice-coordenador e coordenador do Programa de Pós-graduação em Agronomia (PGA) da UEM (nota 6 CAPES). Atualmente é Professor Associado C do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá, onde é um dos coordenadores do Núcleo de Estudos Avançados em Ciência das Plantas Daninhas (NAPD/UEM). Atua em disciplinas de graduação e pós-graduação relacionadas à Biologia e Manejo de Plantas Daninhas e ao Controle Químico de Plantas Daninhas. Orienta atualmente oito alunos de pós-graduação e dois bolsistas de Iniciação Científica e co-orienta diversos outros. É membro do Comitê de Resistência da Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas e membro do Comitê Assessor da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAADCT/PR) na área de Ciências Agrárias. Atualmente, os principais interesses de pesquisa estão relacionados ao comportamento de herbicidas em solos tropicais e ao desenvolvimento de alternativas de manejo de espécies de plantas daninhas resistentes a herbicidas (com ênfase em buva, capim-amargoso e caruru). Atualmente é vice-presidente da Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas (SBCPD).

Seiji Igarashi Doutor

Doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2008), mestrado em Agronomia (Fitopatologia) pela ESALQ - Universidade de São Paulo (1984) e graduação em Agronomia pela Fundação Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel (1975). Como Eng. Agrônomo, atuou como pesquisador no Instituto Agronômico do Paraná - Iapar, no período de 1976 a 1991, período em que descobriu a brusone do trigo (1985). Em 1991, prestou concurso na Universidade Estadual de Londrina - UEL, e desde então, vem ministrando aula na disciplina de doenças de plantas cultivadas. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitossanidade, atuando principalmente nas seguintes culturas: doenças de arroz, milho, morango, trigo e soja. Atualmente, vem desenvolvendo programa de monitoramento de ferrugem asiática da soja, baseado na flutuação de esporos, via coletor de esporos, associado às condições ambientais e previsão de tempo, no Paraná.

Telma Cristian Amaral Mestre

Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (2013). Possui Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2000) e atualmente é Professora e Coordenadora do curso de Pedagogia da Faculdade Integrado de Campo Mourão.

Clandio Medeiros da Silva Doutor

Doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2006), mestrado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2001) e graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (1983). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Melhoramento Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: melhoramento genético vegetal, biotecnologia especificamente cultura de tecidos vegetais.

Solange Maria Bonaldo Doutora

Doutorado em Agronomia (Fitopatologia) pela Universidade de São Paulo (Esalq/USP) (2005). Mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual de Maringá (2001). Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (1998), e atuou como bolsista CAPES/PRODOC na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Atualmente é professora da UFMT/Campus Sinop, coordenou o Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, de agosto/2010 a julho/2013. Atua na graduação em Agronomia, onde orienta iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso, estágio supervisionado e monitoria. Tem experiência na área de Agronomia e Fitopatologia, com ênfase em diagnose de doenças, indução de resistência, controle alternativo, atuando principalmente nos seguintes temas: fitoalexinas em sorgo e soja, controle alternativo e purificação e caracterização de moléculas elicitoras/indutoras de resistência a partir de plantas medicinais e leveduras. Na pós graduação atua em projetos de levantamento da biodiversidade de fungos da Amazônia Legal e orientação de mestrado. Membro da Sociedade Brasileira de Fitopatologia e The American Phytopathological Society. Afiliada ao CREA do Estado do Mato Grosso do Sul e do Paraná.

Cláudia Regina Dias Arieira Doutora

Possui doutorado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (2002), mestrado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (1997) e graduação em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (1995). Atualmente é professora adjunta da Universidade Estadual de Maringá. Tem experiência na área de Fitopatologia, com ênfase em Nematologia, atuando principalmente na área de controle alternativo de nematóides, através de rotação de culturas e plantas antagonistas.

Júlio César Guerreiro Doutor

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997), mestrado em Agronomia (Entomologia Agrícola) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e doutorado em Entomologia pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é Professor e Pesquisador da Univesidade estadual de Maringá (UEM) - Umuarama, e revisor das revistas Revista Científica Eletrônica de Agronomia, - Ciência e Agrotecnologia. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia Agrícola, atuando principalmente nos seguintes temas: pragas, predador, joaninha, seletividade de inseticidas e cochonilhas.

Heverly Morais Doutora

Doutora em Agronomia (2006) com ênfase em Agrometeorologia, tese em cafeeiros sombreados artificialmente. Mestre em Agronomia (2003) com ênfase em Agrometeorologia, dissertação em cafeeiros arborizados. Pesquisadora do IAPAR. Graduada em Agronomia (1995) e Administração (2000). Tem experiência na área de Agrometeorologia, atuando principalmente nos seguintes temas: sistemas agro florestais e silvipastoris, micrometeorologia, instrumentação agro meteorológica, alerta à eventos extremos, mudanças climáticas, alertas fitossanitários e monitoramento agro meteorológico. Professora permanente do curso de Mestrado em Agricultura Conservacionista do Instituto Agronômico do Paraná.

Bruno Reis Doutor

Possui graduação em agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2008), mestrado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2011) e doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (2015). Atualmente é professor colaborador da Universidade Estadual de Maringá. , atuando principalmente nos seguintes temas: alelopatia, homeopatia e fisiologia vegetal.

Naiara Guerra Doutora

Engenheira Agrônoma pela Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista (2008), Mestre (2011) e Doutora (2014) em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá. Atualmente é Professora da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Campus Curitibanos, nas áreas de Matologia e Tecnologia e Produção de Sementes. Tem experiência na área de Matologia, concentrando suas pesquisas nos seguintes temas: Comportamento de herbicidas no solo, Biologia e Manejo de Plantas Daninhas, Tecnologia de aplicação de herbicidas e Adjuvantes.

Denise Nakada Nozaki Doutora

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de São Carlos. Trabalhou como estagiária por 4 anos, no Centro de Citricultura Sylivio Moreira (IAC) no laboratório de Biotecnologia, sendo que nesse período foi bolsista de iniciação cientifica (FAPESP). Após o termino da graduação realizou trabalho de capacitação técnica nível III da FAPESP, mestrado (2002) e doutorado (2007) todos na área de Fitopatologia (Agronomia - Proteção de Plantas) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em Botucatu. Atualmente é professora universitária da Faculdade do Vale da Jurumirim - EDUVALE Avaré nas disciplinas de Microbiologia Agrícola, Fitopatologia Geral, Doenças das Principais Culturas, Introdução a Microbiologia Industrial e Bioquímica de microrganismo e Pós-doutora em Virologia Molecular na área de Fitopatologia (Departamento Proteção de Plantas-Setor Defesa Fitossanitária) da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência ampla na área de Fitopatologia e Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: begomovirus, rhizoctonia, fusarium e marcadores moleculares para identificação, quantificação e caracterização de patógenos.

Marina Aparecida Viana de Alencar Doutora

Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal do Espírito Santo. Mestre em Agronomia/Entomologia Agrícola pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Fcav Unesp), com ênfase em Controle Biológico de pragas. Doutora em Agronomia/Entomologia Agrícola pela mesma instituição, com ênfase em controle químico de pragas de solo.

João Rafael de Conte Carvalho de Alencar Doutor

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2010) e mestrado em Agronomia (Entomologia Agrícola) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2012). Atualmente é doutorando da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, professor dos Cursos de Agronomia e Medicina Veterinária da Faculdade Integrado de Campo Mourão. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia Agrícola e Estatística, atuando com manejo integrado de pragas, e experimentação agrícola.

Arlindo Leal Boiça Junior Doutor

Possui graduação em Agronomia pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), Campus de Jaboticabal, Universidade Estadual Paulista (UNESP), obtido em julho de 1981. Concluiu o mestrado em Agronomia (Produção Vegetal) em maio de 1987 pela FCAV/UNESP, Campus de Jaboticabal, SP. e doutorado em Ciências (Entomologia) em abril de 1991 pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), Campus de Piracicaba, SP. Universidade de São Paulo (USP). Prestou concurso de Professor Adjunto (Livre-Docente) em abril de 1995 na FCAV/UNESP, Campus de Jaboticabal, SP, na área de Entomologia. Obteve o cargo de Professor Titular em concurso no Departamento de Fitossanidade da FCAV/UNESP, Campus de Jaboticabal, SP, em novembro de 2001, na área de Entomologia Agrícola. A atuação profissional na área de ensino, pesquisa e extensão na UNESP iniciou-se 26 de setembro de 1981, sendo atualmente docente do Departamento de Fitossanidade da FCAV/UNESP-Jaboticabal, sempre atuando na área de entomologia e nas linhas de pesquisa em resistência de plantas a insetos, relação inseto-praga, produtos naturais no controle de insetos-pragas e manejo integrado de pragas nas principais culturas agrícolas. Atualmente é bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq, nível 1B.

Informações

Início
Inscrições Abertas - Imediato
Local
Faculdade Integrado - Campus
Vagas
40
Taxa de Inscrição
R$ 75,00
Investimento
20 mensalidades de R$ 457,00
Descontos

10,00% para Egressos do Faculdade Integrado com cadastros atualizados

Até 20,00% para Empresas/Instituições conveniadas

Aulas

Quinzenalmente - Aos sábados das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Ocasionalmente, as aulas poderão ocorrer às sextas-feiras das 19h às 23h, com intervalos semanais ou mais de 15 dias em função de feriados ou de força maior

Coordenador(es)

Simone Correia Molina Favarão | simone.molina@grupointegrado.br

Antonio Krenski

Matrícula
Download do Contrato

Os demais documentos serão informados por e-mail após confirmada a inscrição

Mais Informações
pos@grupointegrado.br | (44) 3518-2500 | 0800 646 1982 | Coordenação Geral - Faculdade Integrado - Administrativo

Inscreva-se

2ª Via de Boleto