Engenharia Civil

Modalidade

presencial

Duração

10 SEMESTRES

Mensalidade

R$ 1.691,00

CC

Apresentação

Definida como a prática de projetar, construir e manter um ambiente construído, a Engenharia Civil é uma indústria em constante desenvolvimento que atende tanto ao setor público quanto ao privado. Um engenheiro civil formado pode escolher especializar-se em muitas áreas de estudo diferentes desde a engenharia estrutural, engenharia ambiental até a nanotecnologia. Esta gama diversificada de assuntos garante que os formados tenham muitas opções de carreira, fazendo da Engenharia Civil uma escolha muito procurada entre os estudantes.

O engenheiro civil constrói para pessoas, por isso deve antecipar os impactos ambientais e sociais que uma obra terá. Isso coloca o profissional no centro das discussões urbanísticas e na utilização de novos elementos e tecnologias sustentáveis. 

Diferencial

O corpo docente é composto por professores de excelência reconhecida na área, buscando constante aprimoramento acadêmico. São profissionais que atuam em diversos ramos da engenharia civil, o que proporciona aos futuros profissionais uma visão global de possibilidades de trabalho. Dessa forma, atende-se, dentro do contexto mundial contemporâneo, a formação ideal em graduação, que é a do engenheiro generalista.

O curso conta com o apoio de vários laboratórios, modernamente equipados e com disponibilidade imediata aos estudantes. Estes aproximam fortemente os acadêmicos de questões práticas. 

Uma das características principais de um engenheiro civil é saber trabalhar em grupo para executar corretamente todas as funções que o mercado de trabalho exige. Essa necessidade é traduzida em disciplinas curriculares desde o primeiro semestre do curso.

Mercado de Trabalho

O engenheiro civil ocupa uma posição estratégica no ambiente profissional, assume responsabilidades que vão além da resolução de problemas meramente técnicos, partindo para o campo do gerenciamento tanto de pessoas como de processos. Assim, é necessário que a formação desse profissional permita a realização dessas atividades com eficiência.

Os cursos universitários de graduação em Engenharia Civil, que antes eram baseados apenas em uma lógica instrumental e tecnicista, vêm sentindo a necessidade de adaptações curriculares para a formação de um profissional mais qualificado e diferenciado, capaz de absorver e adaptar-se à permanente evolução em que a sociedade encontra-se.

O mercado de trabalho para um engenheiro civil é bastante amplo. Isto porque este profissional é capaz de atuar em diferentes setores, como: Construção Civil e Materiais; Rodovias e Transportes; Hidráulica e Saneamento; Estruturas e Fundações e Solo e Geotecnia

Perfil do Egresso

O engenheiro civil egresso do Centro Universitário Integrado conta com uma formação generalista, sendo capaz de atuar na concepção, planejamento, projeto, construção, operação e manutenção de edificações e de infraestruturas. O curso prepara o profissional para: coordenar e supervisionar equipes de trabalho; realizar estudos de viabilidade técnico-econômica; executar e fiscalizar obras e serviços técnicos e efetuar vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Em suas atividades, considera a ética, a segurança, a legislação e os impactos ambientais.

O profissional apresenta formação em ciências exatas, com o necessário conhecimento básico da causa científica, para que possa elaborar uma rotina de cálculo estrutural e reconhecer os limites técnicos de fórmulas empíricas e de programas para computadores, como exemplos de atividade de projeto. Desenvolve senso crítico e espírito de trabalho em equipe.

Onde trabalhar

O engenheiro civil pode atuar como um profissional independente abrindo seu escritório de engenharia, em empresas privadas e ainda em setores especializados de orgãos públicos como em inspeções, projetos, fiscalização, perícia, entre outros. Na atividade profissional liberal, atua como consultor, responsável técnico de projetos e de obras e perito em apoio judiciário, dentre outras funções. 

Pode ainda atuar na área docente e ter acesso a cargos públicos, via concurso ou por indicação, dependendo do caso e da função. Muitos engenheiros optam, também, por áreas relacionadas à informática.

As atividades que um engenheiro civil pode exercer incluem: supervisão, coordenação e orientação técnicas; estudo, planejamento, projeto e especificação; estudo de viabilidade técnico-econômica; assistência, assessoria e consultoria; direção, execução e fiscalização de obra e serviço técnico; vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer técnico. Pode desempenhar cargos e funções técnicas, elaborar orçamentos e cuidar de padronização, mensuração e controle de qualidade. É habilitado para coordenar equipes de instalação, montagem, operação, reparo e manutenção. É responsável por análise, experimentação, ensaio, divulgação e produção técnica especializada.

Coordenador

Gisele Cristina Antunes Martins

E-mail: coord.civil@grupointegrado.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7001161195946998

Graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010), Mestrado, Doutorado e Pós Doutorado com ênfase em Engenharia das Estruturas realizado na Escola de Engenharia de São Carlos - Universidade de São Paulo. Estágio no exterior no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique - Suíça (ETH - Eidgenössische Technische Höchschule Zürich). Experiência na área de silos, com ênfase em esforços devidos a cabos de termometria e na área de conforto térmico, com ênfase na Avaliação do Desempenho Térmico de Edificações. Pesquisadora do Grupo de "Madeiras e Estruturas de Madeira" e do grupo de estudos em "Segurança contra incêndio de estruturas" da Escola de Engenharia de São Carlos, com foco principal no estudo de estruturas de madeira em situações de incêndio. Integrante do comitê de norma CE - 02:126.10 - Estruturas de Madeira.