Engenharia de Produção

Modalidade

presencial

Duração

10 SEMESTRES

Mensalidade

R$ 756,70*

Apresentação

Atualmente, com o aumento do porte das empresas, surgem desafios de natureza tecnológica e administrativa, exigindo uma capacitação maior para gestão da produção e dos negócios. A Engenharia de Produção responde a essa necessidade, sendo uma área à qual compete projetar, implementar, melhorar e manter sistemas produtivos integrados que envolvem homens, materiais e equipamentos e com base em conhecimentos da matemática, física, ciências sociais, além de princípios e métodos de análise e projeto da engenharia, prever e avaliar os resultados obtidos por esses sistemas. Prevalece no campo da Engenharia de Produção a multidisciplinaridade que hoje identifica uma base científica e tecnológica própria dessa grande área. 

O engenheiro de produção planeja, projeta e gerencia sistemas organizacionais que envolvem recursos humanos, materiais, tecnológicos, financeiros e ambientais. Alia conhecimentos técnicos e gerenciais para otimizar o uso de recursos produtivos e diminuir os custos de produção de bens e serviços. Preocupa-se com o desempenho econômico eficaz que seja ambientalmente sustentável e responsável. Esses conteúdos constituem, além de seu caráter multidisciplinar, uma das especificidades da Engenharia de Produção diante das outras engenharias.

Diferencial

Um dos principais diferenciais da Engenharia de Produção do Centro Universitário Integrado é sua relação com empresas e o mercado de um modo geral, o que abre portas e gera maior empregabilidade do egresso. O curso forma um profissional com domínio completo dos conhecimentos e técnicas da área de Engenharia de Produção, preparado para atender aos critérios que atualmente fazem com que o mercado de trabalho procure e valorize profissionais com essa formação.

Mercado de Trabalho

A Engenharia de Produção vêm despontando como a engenharia com as melhores perspectivas de mercado de trabalho, juntamente com Telecomunicações e Mecatrônica. O profissional é habilitado para seguir por diversos caminhos na carreira profissional, tais como indústria, área de finanças, pesquisa ou pode abrir o próprio negócio. Se continuar investindo em sua formação, com especialização e mestrado, por exemplo, o engenheiro assume funções de gestão e direção, independente do ramo em que se encontra.

Perfil do Egresso

O curso de Engenharia de Produção do Centro Universitário Integrado forma engenheiros de alto nível técnico e metodológico, capazes de intervir eficientemente na escolha, fabricação, otimização e exploração dos mais diversos sistemas produtivos, considerando elementos tecnológicos, econômicos, humanos e políticos. Além disso, o profissional é preparado para o trabalho em equipes multidisciplinares.

O profissional formado pela Instituição é capaz de: integrar recursos produtivos com eficiência e ao menor custo, considerando a possibilidade de melhoria contínua; utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas de produção e auxiliar na tomada de decisõe; projetar, implementar e aperfeiçoar sistemas produtivos; trabalhar com previsões de demanda, incorporando conceitos e técnicas de qualidade nos seus aspectos organizacionais e tecnológicos; perceber tendências e inovações nos setores produtivos e promover mudanças que causem impactos sobre a competitividade; compreender a inter-relação dos sistemas de produção com o meio ambiente, tanto no que se refere a utilização de recursos escassos quanto às exigências de sustentabilidade; avaliar a viabilidade econômica e financeira de projetos, bem como trabalhar com indicadores de desempenho e sistemas de custeio.

Onde trabalhar

O engenheiro de produção é peça fundamental em indústrias e empresas de quase todos os setores. Ele gerencia os recursos humanos, financeiros e materiais de uma empresa, com o objetivo de aumentar sua produtividade e rentabilidade. Sua formação associa conhecimento de engenharia às técnicas de administração e fundamentos de economia e engenharia, preparando-o para adotar procedimentos e métodos que racionalizam o trabalho, aperfeiçoam técnicas de produção e ordenam as atividades financeiras, logísticas e comerciais de uma organização. Define a melhor forma de integrar mão de obra, equipamentos e matéria-prima, a fim de avançar na qualidade e aumentar a produtividade. Por atuar como elo entre os setores técnicos e administrativos, seu campo de trabalho ultrapassa os limites da indústria. 

Coordenador

Gisele Cristina Antunes Martins

E-mail: coord.civil@grupointegrado.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7001161195946998

Graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Ouro Preto (2010), Mestrado, Doutorado e Pós Doutorado com ênfase em Engenharia das Estruturas realizado na Escola de Engenharia de São Carlos - Universidade de São Paulo. Estágio no exterior no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique - Suíça (ETH - Eidgenössische Technische Höchschule Zürich). Experiência na área de silos, com ênfase em esforços devidos a cabos de termometria e na área de conforto térmico, com ênfase na Avaliação do Desempenho Térmico de Edificações. Pesquisadora do Grupo de "Madeiras e Estruturas de Madeira" e do grupo de estudos em "Segurança contra incêndio de estruturas" da Escola de Engenharia de São Carlos, com foco principal no estudo de estruturas de madeira em situações de incêndio. Integrante do comitê de norma CE - 02:126.10 - Estruturas de Madeira.

*Desconto na mensalidade

Valor já com desconto. Esta campanha (promoção) tem prazo limitado e é destinada a novos alunos, ou seja, que nunca foram matriculados no Centro Universitário Integrado e que realizarem a matrícula até o dia 15/02/2019. O Centro Universitário se reserva o direito de encerrar a campanha a qualquer momento.

O desconto é destinado aos ingressantes no 1º período e válido durante todo o curso de graduação.

Não têm direito aos descontos, os Portadores de Diploma, ingressantes por Transferências Externas e Reingressantes.