Acontece

Geral

Educação a Distância é mais fácil?

Muitas pessoas ainda têm a impressão de que, por estudar online, o acadêmico encontra uma facilidade maior

Centro Universitário Integrado

publicado em 28/02/2018 10h30 | atualizado em 28/02/2018 16h30

Modalidade exige um maior comprometimento e dedicação do acadêmico (Crédito da foto: Pixabay)

Modalidade exige um maior comprometimento e dedicação do acadêmico (Crédito da foto: Pixabay)

Estudar em casa, sem a necessidade de frequentar uma sala de aula e o melhor de tudo: no seu tempo. Essa é a realidade de muitos brasileiros, que estudam através dos cursos de Educação a Distância (EAD). Entre as pessoas que ainda não têm contato com a modalidade, uma dúvida é quase unânime: um curso EAD é mais fácil que o presencial? Muitas pessoas acreditam que a complexidade dos cursos EAD é menor, mas não é bem assim.

Não se trata de ser mais fácil ou mais difícil, mas sim diferente. Os recursos pedagógicos, avaliações e disciplinas são semelhantes, então, o que muda é a forma como o acadêmico estuda. Diferentemente do que pensam algumas pessoas, o EAD possui avaliações e o acadêmico não estuda o tempo todo sozinho. No Centro Universitário Integrado, de Campo Mourão (PR), o estudante tem avaliações presenciais e online, que são utilizadas para mensurar o grau de aprendizagem do acadêmico.

Em nível de complexidade, ambas as modalidades são equivalentes. Os estudantes contam com o apoio de professores tutores para tirar dúvidas, além de polos de apoio, onde são realizados encontros presenciais. Apesar de estudar grande parte do tempo sozinho, o acadêmico está completamente assistido e apoiado pela Instituição.

Para conhecer os cursos do Integrado EAD e fazer sua inscrição, clique aqui.