Acontece

Eventos

Fórum de Políticas Públicas de Esporte, Lazer e Saúde Coletiva leva profissionais de ponta para a sala de aula

Acadêmicos de Educação Física promoveram mesa redonda para debater assuntos relacionados à teoria aprendida no semestre.

Faculdade Integrado

publicado em 11/11/2016 17h59

Os estudantes do curso de Educação Física (bacharelado), do 6o período da Faculdade Integrado, promoveram nessa semana o Fórum de Políticas Públicas de Esporte, Lazer e Saúde Coletiva 2016. O evento tem como objetivo trabalhar, dentro e fora da sala de aula, a profissão escolhida, que vai muito além de jogar bola ou ensinar a prática de um esporte.

O Fórum foi realizado em duas noites. A primeira foi voltada para o esporte e o lazer enquanto que na segunda noite o tema foi a saúde coletiva. Os acadêmicos prepararam uma mesa redonda, com convidados escolhidos a dedo para trabalhar os assuntos.

O objetivo do Fórum é permitir que os estudantes tenham a oportunidade de conhecer na prática a relação das políticas públicas com o profissional de Educação Física. De acordo com a professora Layla Antonechen, essa conexão da Instituição com a comunidade promove um entendimento mais aprofundado sobre o papel do bacharel em Educação Física. “É uma atuação que vai muito além da prática, envolvendo legislação, normas, regras e burocracias que precisamos seguir. Também devemos saber como captar recursos para futuros projetos sociais de esporte e lazer no município”, afirmou a professora.

Danúbia dos Santos elogiou a iniciativa do projeto, pois amplia os conhecimentos que integram o conteúdo desenvolvido em sala de aula. “Compreender a importância do profissional de Educação Física dentro da comunidade e promover a saúde e qualidade de vida, por meio das políticas públicas e projetos sociais, para os moradores dessa comunidade é muito gratificante”, disse a estudante, que esteve à frente da organização do evento.

A convidada Luciane Luz, profissional de Educação Física que atua na Fundação de Esportes de Campo Mourão (FECAM), também elogiou a iniciativa e destacou a importância de compartilhar o dia a dia da profissão com os acadêmicos e a oportunidade de trazer esse conteúdo para dentro da sala de aula. “Essa área de gestão de pessoas ainda tem uma deficiência muito grande. Esse tipo de evento pode despertar o interesse no acadêmico para seguir nessa direção, que também é muito gratificante!”, finalizou.