Acontece

Eventos

Faculdade Integrado realiza a I Jornada de Psicologia

A práxis psicológica: para quê e para quem? foi o tema da edição, que contou com palestras e atividades culturais.

Faculdade Integrado

publicado em 29/08/2017 11h36 | atualizado em 29/08/2017 11h37

A I JIPSI (Jornada Integrado de Psicologia) da Faculdade Integrado aconteceu durante a última semana. O tema da edição foi “A práxis psicológica: para quê e para quem?” e contou com a participação de palestrantes de diversos locais do Brasil.

A coordenadora do curso de Psicologia da Instituição, Thaís Serafim dos Santos, comentou que a preparação para a realização do evento ocorre desde o início do ano. “Os acadêmicos estão participando muito e estou orgulhosa disso. Nós montamos uma comissão organizadora composta só por eles, enquanto os professores fizeram apenas a mediação. Os estudantes estão à frente da organização toda”, afirmou.

Thaís lembrou que a proposta também foi de levar a JIPSI para a comunidade e, por isso, foram convidados psicólogos de toda a região e acadêmicos de outras instituições. “A nossa premissa é que não adianta nada aprender dentro da Faculdade, se não levar esse conhecimento para fora”, comentou.

Palestras

Um dos palestrantes foi o doutor Jean Marlos Pinheiro Borba, que abordou as intervenções psicoterapêuticas com os animais, tema que despertou grande interesse na comunidade acadêmica.

Segundo Jean é fundamental trabalhar a relação entre o homem e o animal. É necessário não pensá-lo como um objeto, posse ou ainda mercadoria. “Há um mercado de consumo muito grande para determinados tipos de animais, mas, na mesma medida, temos um número alto de abandonos”, acrescentou o doutor.

Ainda para Jean, o animal, mesmo não sendo um recurso terapêutico, pode ajudar no tratamento. O papel do profissional, seja ele médico, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta ou médico veterinário, é de se apropriar do vínculo existente, dentro da sua área de conhecimento, e ver o que o pet pode fazer para o paciente.

Os acadêmicos do 4º período de Psicologia, Liliane Quinquiolo e Felipe Petreca, afirmam que a Jornada os surpreendeu. Felipe, por exemplo, lembrou que o tema abordado pelo doutor Jean é diferente e que isso somou à sua formação. Já a interação entre os participantes é um ponto importante observado por Liliane.

Diversas outras palestras foram realizadas, dentre elas estavam: “Psicologia e organizações humanitárias: atuação em situações de emergência e desastre” e “Mulheres, gênero e violência: uma questão histórico-cultural”. O evento também contou com apresentações culturais, exposição de arte e com o Sarau Psicológico.