Acontece

IX Conccepar

Enfermagem do Integrado realiza 'Simulação Realística de Acidente'

Atividade chamou a atenção e fez parte da programação do IX Conccepar

Centro Universitário Integrado

publicado em 17/05/2018 11h31 | atualizado em 18/05/2018 15h35

Acadêmicos do 9º período do curso de Enfermagem do Centro Universitário Integrado realizaram uma 'Simulação Realística de Acidente', na noite desta quarta-feira (16), na unidade Câmpus. A atividade fez parte da programação do IX Conccepar (Congresso Científico da Região Centro-Ocidental do Paraná) e da 79º Semana Brasileira de Enfermagem.

De acordo com a coordenadora do curso de Enfermagem do Integrado, Damiana Guedes da Silva, a Simulação foi realizada para chamar a atenção dos acadêmicos, principalmente neste mês de maio, dedicado ao trânsito. "Estamos no 'Maio Amarelo', onde focamos a conscientização por um trânsito mais seguro e nós sabemos que Campo Mourão possui um grande número de casos de acidentes. Por isso, fizemos essa simulação, para mostrar aos estudantes como o assunto é sério e merece ser discutido", explica Damiana.

Ao todo, cerca de 20 estudantes do 9º período participaram da Simulação Realística de Acidente. Eles participaram de treinamentos desde fevereiro, na disciplina de urgência e emergência. Para o professor responsável por coordenar a turma, Roney Alan Nogueira, a atividade contou com um alto grau de realidade. "Para o acadêmico, ter contato com essas ações é muito importante. Trazer eles à prática é fundamental, pois executa o que foi aprendido em sala de aula", explica Nogueira.

A ação chamou a atenção dos acadêmicos do Câmpus do Integrado. Diversos estudantes pararam as atividades para poder acompanhar a ação. Para quem participou, a sensação de dever cumprido foi unânime. A acadêmica Débora Leal Stirle diz que gostou do resultado. "Eu acredito que nós conseguimos passar bem a realidade do cotidiano de uma equipe. Foi bastante tenso, mas conseguimos demonstrar todos os procedimentos", explica Débora.

Ao todo, a simulação completa durou cerca de 25 minutos, considerado um bom tempo. A atividade contou a presença e auxílio do Samu, da Polícia Militar e da MG Paramédicos.