Acontece

Eventos

Acadêmicos do curso de Farmácia da Faculdade Integrado recebem palestra

Objetivo foi esclarecer as áreas de atuação e funcionalidade dos órgãos da categoria.

Faculdade Integrado

publicado em 13/03/2017 12h15

Nessa quinta-feira (09), o curso de Farmácia da Faculdade Integrado promoveu uma palestra com o intuito de esclarecer as diferenças, as funções e a importância dos seguintes órgãos: Associação dos Farmacêuticos, Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná (SINDIFAR-PR) e Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF-PR).

De acordo com o palestrante, Márcio Augusto Antoniassi, farmacêutico, conselheiro do CRF-PR e diretor do SINDIFAR-PR, muitas vezes os estudantes saem da faculdade sem entender bem como funcionam os órgãos que controlam e regem a categoria e acabam sofrendo um pouco na vida profissional. Durante a palestra, ele relembrou um pouco da história da profissão e falou sobre as diversas áreas de atuação. Antoniassi também destacou a importância do farmacêutico na sociedade. “É quem tem todo o conhecimento do medicamento. Não há como qualquer outra pessoa cuidar de seu paciente sem ter uma íntima ligação com esse profissional. Se não existisse o farmacêutico, não teríamos os medicamentos”, afirmou Márcio.

De acordo com a coordenadora do curso, Ana Carla Broetto Biazon, a profissão vem sendo cada vez mais valorizada e é uma área em crescimento. Diante disso, é essencial que os acadêmicos compreendam o papel do farmacêutico bem como a importância dos órgãos da categoria. “Nós queremos que eles tenham a consciência de que o Sindicato é feito para eles. Eles devem entender que não podem trabalhar recebendo menos que o piso salarial da classe e que também devem se valorizar e lutar por seus direitos”, falou a coordenadora.

Para a acadêmica Beatriz Fonseca Ferreira, 9o período, membro do Conselho Regional de Farmácia do Paraná Júnior (CRF-PR Júnior), “a palestra é fundamental para o estudante ter uma noção de mercado, compreender melhor as habilitações e sair mais preparado para a vida profissional”, finalizou.