Acontece

Ensino

Projeto Conhecendo profissionais: uma visão real leva artista circense para a sala de aula

Convidado explicou e demonstrou técnicas da maquiagem artística aos acadêmicos.

Centro Universitário Integrado

publicado em 01/06/2017 15h03 | atualizado em 01/06/2017 16h48

Os estudantes do 1o período do curso de Tecnologia em Estética e Cosmética da Faculdade Integrado participaram do projeto “Conhecendo profissionais: uma visão real”, que faz parte da disciplina de fundamentos e técnicas de embelezamento pessoal. A finalidade do projeto é levar para a sala de aula diversas pessoas relacionadas à área da beleza, que irão mostrar técnicas e novidades do mercado de trabalho.

O primeiro convidado foi Fabio dos Santos Batista, integrante da Associação Sou Arte de Campo Mourão (ASA). Ele falou sobre a maquiagem artística e, posteriormente, demonstrou na prática como elas são feitas. Fabio também aproveitou para elogiar a iniciativa e o interesse dos participantes. “Com o projeto, é possível mostrar o leque de oportunidades que o acadêmico terá quando terminar a graduação. É muito interessante”, comentou ele.

Ivana Teixeira Salvadori, professora da disciplina, pensou na maquiagem artística porque ela é um nicho da estética que pode ser desenvolvido. Além disso, o projeto promoveu uma interação entre os cursos, já que Fabio é estudante de Educação Física (Bacharelado) da Instituição. “Esse tipo de atividade encanta. Mesmo que os acadêmicos tenham que fazer o trabalho científico, nós temos que mostrar esses workshops para que eles possam visualizar o que se pode fazer dentro da profissão. São experiências e cada um vai escolher aquilo que se identifica por meio dessas práticas”, declarou Ivana.

A estudante Ana Luiza Pires Gluchak foi uma das voluntárias para ter o rosto pintado (ela recebeu a maquiagem do Chapeleiro Maluco) e aprovou o projeto. “É uma atividade muito legal, coisa que eu nunca tinha visto, dá pra aprender muito. Por meio dessas práticas, eu tenho a chance de descobrir aquilo que eu quero fazer quando terminar o curso”, finalizou Ana Luiza.