Acontece

Ensino

Instituição desenvolve Programa de Iniciação Científica com estudantes do Ensino Médio

Com duração de um ano, pesquisas abordam temas de cinco cursos diferentes.

Faculdade Integrado

publicado em 10/04/2017 16h13

Este ano, a Faculdade Integrado e o Colégio Estadual Unidade Polo de Campo Mourão estão participando do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC-EM), vinculado ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). No total, foram selecionados cinco alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Polo. Eles irão desenvolver pesquisas científicas juntamente com professores e acadêmicos dos cursos de Biomedicina, Ciências Biológicas, Farmácia, Psicologia e Tecnologia em Estética e Cosmética da Instituição.

Segundo Francielle Baptista, supervisora de pesquisa da Faculdade Integrado, os benefícios para quem participa do Programa são inúmeros. “Os estudantes conseguem vivenciar a Instituição de Ensino Superior ainda no Ensino Médio, o que auxilia bastante na escolha do curso de graduação”. Francielle explicou que, em setembro, os orientandos deverão apresentar os resultados da pesquisa no Seminário de Iniciação Científica do Ensino Médio. Já o artigo produzido poderá ser encaminhado para as mais diversas revistas científicas do país, incluindo a Revista Iniciare, produzida pela Instituição. “Durante esse período, o aluno vai ter que fazer seminários, ler, discutir trabalhos pertinentes à área em que está atuando e realizar apresentações em eventos. São vários desdobramentos,” acrescentou.  

Alguns projetos também possuem um lado extensionista, isto é, conseguem melhorar a realidade social por meio de ações concretas. É o caso do projeto intitulado “Desenvolvimento de horta de plantas medicinais no Colégio Estadual Unidade Polo de Campo Mourão”, sob responsabilidade de Bruna Luiza Maciel Genu, 17 anos, em parceria com o curso de Farmácia da Faculdade Integrado. “Eu estou bem animada já que vai ter um retorno para a comunidade”, afirmou Bruna.

Os trabalhos estão a todo vapor. Os cronogramas de atividades já foram definidos, e os bolsistas cadastrados na plataforma Lattes e Carlos Chagas.