Acontece

Ensino

Acadêmicas de Pedagogia produzem peça teatral para homenagear as mães

Evento foi aberto aos estudantes e familiares. Entrada foi um litro de água de coco.

Faculdade Integrado

publicado em 15/05/2017 15h25 | atualizado em 15/05/2017 15h34

Muita emoção marcou a noite da última quarta-feira (10), no auditório da unidade centro da Faculdade Integrado. Com uma programação preparada para homenagear as mães, as acadêmicas do 1º período de Pedagogia da Instituição produziram uma peça teatral chamada “Drama de Família”, adaptada do livro “O Poder da Esposa que Ora”, de Stormie Omartian. Elas arrancaram muitos risos da platéia, mas também comoveram a todos, pelo carinho e dedicação na produção da obra. A história interpretada mostra os dramas de uma família em conflito e a possibilidade de mudança diante de uma esposa que ora a Deus pedindo sabedoria e solução para os problemas.

Cleuza Yurassek, professora da disciplina de didática, contou que esse tipo de trabalho é muito importante, porque para ser pedagogo “é preciso interagir, sair do casulo, enxergar o mundo de forma diferente”. Os convites foram trocados por um litro de água de coco e essas arrecadações foram destinadas ao Instituto de Responsabilidade Social Cruzeiro do Sul que, por sua vez, doará ao Incam (Instituto do Câncer de Campo Mourão).

Eric Elder de Souza Dias é estudante de Educação Física, mas cursa a disciplina de didática com a turma de Pedagogia. Ele interpretou o pai na peça teatral e achou a experiência muito boa. “Eu não sou um pedagogo, mas sou um professor, então preciso estar sempre disposto a lidar com as crianças e isso só acrescenta à minha profissão”, disse. Já para Ana Paula dos Santos Pereira, intérprete do papel da mãe, o resultado foi maravilhoso. “Conseguimos atingir o objetivo, que era passar uma mensagem sobre a união da família. Marcou bastante”, disse a acadêmica.

Telma Cristian Amaral, coordenadora do curso, ficou satisfeita com o trabalho desenvolvido pelos estudantes. “É um momento importante para que eles vejam que a faculdade não é um universo restrito apenas a livros acadêmicos, mas que vai muito além. Há uma interação social e de cidadania”, finalizou a coordenadora.

Ao final do evento, os acadêmicos homenagearam as professoras Cleuza Yurassek e Telma Amaral, com a entrega de flores e a participação de familiares. Uma noite que, sem dúvida, marcou a vida de todos os presentes.